Flattr launch at Campus Party Brasil – 2018

(Portuguese version bellow/Versão em português abaixo)

We launched Flattr 2.0 in October 2017, and since then we have given our all to support our global community. We know the success of Flattr depends on the support of people who understand the need to fund creators on the web. For this reason Brazil is important to us. Brazil is not only a prosperous country but has so many incredible people and artists.

The first time I had the opportunity to take part in Campus Party was in 2017 – that’s when I fell in love! This is one of the most incredible tech events in the world, and the largest in Latin America. Campus features amazing people who make a difference in our society. It’s no surprise that it is the most anticipated conference of the year for Brazilians.

This year I had the privilege of telling our story on the Feel the Future stage, in São Paulo. I talked about “how ad blocking is revolutionizing the future of the web.” You can check out my talk here. With me, I had the essential support of our developer Diego Lima. After the talk, we had great feedback from the audience and people interested in how Flattr works on the web.

We not only had the opportunity to tell our story, but we also met amazing people. From the Open Source Initiative, we met Patrick Masson, and Nick Vidal. We also met John ‘maddog’ Hall of Linux Professional Institute, and Bruno Souza and Juliana Teodoro from Campus Party. On the same day, Flattr was announced as open source, and we celebrated 20 years of Open Source with the entire community. All in one event! For us, this is a great step. We value freedom and transparency. Open source leads to more efficient software development that facilitates interoperability. This leads us to higher quality solutions, reinforcing the trust from our users.

I had the great pleasure of meeting designer Thalita Lefèr, creator of the Amarelo Criativo (‘Creative Yellow’) platform. Focusing on Brazil, the transmedia platform generates creative content for every creative community. “We want to make content from people to people, without the exaggeration of nonsense advertising – it’s the people who empower people,” she says. Amarelo Criativo approaches various themes from design, pop culture, advertising, art, etc, with a good sense of humor. This follows the same line of thinking that we have at Flattr.

We have started well in 2018. I see a great opportunity to change the conversation to focus on the kind of digital world we want, together.

The Internet continues to be a place of joy, opportunity and empowerment. We want to be part of this movement so that it stays that way – fear, free and equal for all.

Thank you Brazil and Campus Party for having us. See you next time!

_______________________________________________________________________________________________________

Lançamento do Flattr na Campus Party Brasil – 2018

 

Desde o lançamento do Flattr 2.0, em outubro de 2017, a nossa equipe não tem medido esforços com relação ao suporte que queremos oferecer à nossa comunidade no mundo, pois nós acreditamos que o sucesso do Flattr virá através do apoio do global, e das pessoas que entendem a necessidade de financiar bom conteúdo na web. O Brasil, por ser um país próspero e com pessoas e artistas incríveis, não poderia ficar de lado. A primeira vez que eu tive a oportunidade de participar da Campus Party foi em 2017 – foi quando me apaixonei!

Este é simplesmente um dos eventos geeks mais incríveis do mundo, e o maior da América Latina. Além da Campus trazer conteúdo de qualidade através de pessoas que fazem a diferença em nossa sociedade, esta é a conferência mais esperada do ano no país.

Este ano eu tive o privilégio de ser convidada para contar a nossa trajetória no palco Feel the Future, em São Paulo no dia 02 de fevereiro, às 15 horas. A palestra foi sobre “como ad blocking está revolucionando o futuro da web” – aqui você pode ver a gravação do live stream. Junto comigo, eu tive o apoio essencial do nosso desenvolvedor Diego Lima. Ao final da palestra, nós tivemos uma receptividade muito boa da audiência e de pessoas interessadas em saber mais sobre como o Flattr irá funcionar na web.

Não só tivemos a oportunidade de contar a nossa história, mas também a de conhecer pessoas incríveis da Open Source Initiative, como o Patrick Masson, Nick Vidal, John ‘maddog’ Hall do Linux Professional Institute, além do Bruno Souza e da Juliana Teodoro da Campus Party. No mesmo dia, foi anunciado o Flattr open source, e nos juntamos com toda a comunidade para comemorar 20 anos de open source. Isso tudo em um só evento! Para nós, este é um grande passo, pois valorizamos muito liberdade e transparência, e acreditamos que open source nos conduz a um desenvolvimento de software mais eficiente que facilita a interoperabilidade e consequentemente nos leva a soluções de maior qualidade, reforçando a confiança dos nossos usuários.

Do lado dos criadores de conteúdo, eu tive o imenso prazer de conhecer a designer Thalita Lefèr, criadora da plataforma Amarelo Criativo (‘Creative Yellow’). Com foco no Brasil, a plataforma transmídia tem como objetivo criar conteúdos criativos para toda comunidade criativa. “Queremos fazer conteúdo de pessoas para pessoas, sem o exagero de publicidades sem sentido – são as pessoas que fortalecem as pessoas,” diz ela. Na Amarelo Criativo, temas de vários assuntos são abordados desde design, a cultura pop, publicidade, arte, etc, sem deixar de lado o bom humor. Esta segue a mesma linha de pensamento que nós, do Flattr.

Começamos com o pé direito em 2018, e vejo isto como uma grande oportunidade considerando a grande necessidade que temos de mudar a conversa para se concentrar no tipo de mundo digital que queremos, juntos.

A internet continua sendo um lugar de alegria, oportunidade e capacitação. Nós queremos fazer parte deste movimento para que ela permaneça assim – justa, livre e igual para todos.

Obrigada Brasil e a Campus Party por nos receber tão bem. Até a próxima!

One thought on “Flattr launch at Campus Party Brasil – 2018

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *